Orientações para os Casos de Ensino

O caso de ensino deve constar de duas partes, a saber:

A ) CORPO DO TEXTO
Esta parte deve conter um mínimo de 3 (três) e um máximo de 20 (vinte) páginas, incluindo eventuais tabelas e/ou figuras e apoio. Deve conter uma exposição, com texto claro e fluente, que descreva um contexto de tomada de decisão e um problema decisório real. O caso deve ser documentado com dados e datas reais.

Estrutura sugerida para o corpo do texto
(a) Descrição inicial do contexto e do problema (apresentação dos personagens envolvidos, contexto de tomada de decisão etc); 
(b) Background da empresa objeto do caso (histórico, setor de atividade, principais produtos/mercados, indicadores financeiros etc); 
(c) Descrição detalhada do contexto e do problema. Nesta parte, deverão ser sinalizadas potenciais alternativas de decisão, sem a necessidade de esgotar alternativas possíveis, que poderão ser geradas pelos alunos na atividade de discussão do caso.
(d) Fechamento do caso, estimulando o leitor a pensar sobre o futuro da empresa considerando o descrito e os cenários derivados da situação de decisão que se apresenta. É importante enunciar ao final do texto um conjunto de questões para discussão. Tais questões servem como um guia para os alunos melhor estruturarem o problema, e auxiliam o professor na aplicação do caso de ensino em sala de aula. 

B) NOTAS DE ENSINO:
Todos os casos de ensino deverão ser acompanhados das respectivas notas de ensino, que atenderão aos seguintes requisitos: 
(a) As notas de ensino deverão conter exposição teórica do assunto relativo ao caso de ensino, entendendo-se por exposição teórica a exploração do arcabouço conceitual necessário à exploração ou discussão do caso. Naturalmente, o volume de conceitos tratado na exposição teórica variará conforme o caso de ensino e sua área de escopo. 
(b) As notas de ensino também deverão contemplar aspectos pedagógicos relativos à aplicação do caso de ensino em sala de aula. Os aspectos pedagógicos podem conter sugestões de dinâmicas de discussão do caso de ensino; a relação entre a dinâmica sugerida e os objetivos do caso; comportamentos esperados por parte dos alunos a partir da discussão; sugestões de utilização do espaço da lousa por parte do professor; etc. Em suma, as notas de ensino devem conter sugestões de uso do caso em sala de aula e colaborar para a obtenção de resultados didáticos.
(c) Análise das possíveis alternativas de decisões/soluções da situação organizacional enfocada no texto do caso, de forma a apoiar o trabalho do professor que aplicará o caso e colaborar com a obtenção de resultados relevantes na utilização do caso de ensino como instrumento didático.
(d) Registro de referências bibliográficas pertinentes aos conceitos abordados na exposição teórica.

FORMATAÇÃO DE CASOS E NOTAS DE ENSINO

Ambas as partes que compõem o caso – corpo do texto e notas de ensino  devem constar no mesmo arquivo.

Formatação:

- Papel: A4 (29,7 x 21 cm).
˗ Orientação do papel: retrato
- Margens: superior 3cm, inferior 2cm, direita 2cm, esquerda 3cm.
- Editor de texto: Word do Office 2003 ou posterior.
- Fonte: Times New Roman, tamanho 12, com espaçamento normal
- Espaçamento: simples
- Alinhamento: Justificado.
- Parágrafos: Primeiro parágrafo de cada seção sem recuo, os demais recuos de 1,25 cm.
- Extensão: Máximo de 10.000 palavras, incluindo eventuais tabelas e/ou figuras, anexos/apêndices e as notas de ensino.
- Tabelas e figuras: Devem ser numeradas sequencialmente e inseridas no fim do documento.
- Notas de rodapé ou de final de texto: evitar o uso de ambas. 
- Título: Caixa alta + negrito. Máximo de 80 caracteres com espaço.
- Resumo: Máximo de 250 palavras.
- Palavras-chave: Máximo de 03 palavras.
˗ Citações e referências bibliográficas: conforme normas da APA (American Psychological Association) ou da ABNT (Associação Brasileira de Normas e Técnicas).
 
Informações importantes:
˗   Só serão aceitas submissões eletrônicas pelo site do CLAV 2018.
˗   Os idiomas oficiais para submissão e apresentação dos trabalhos são português, inglês ou espanhol.
˗   Não serão aceitos trabalhos com mais de 04 (quatro) autores.
˗   Cada autor ou co-autor poderá submeter o máximo de três (03) trabalhos para o congresso.
˗   Os trabalhos não devem conter dados que identifiquem o autor - os trabalhos com autoria identificada serão excluídos. O preenchimento das informações do autor e co-autores serão solicitados no momento da submissão.

 

O melhor caso de ensino será considerado para publicação na revista GV Casos!

Ainda não conhece a Revista GV Casos?! Acesse o site: http://rae.fgv.br/gvcasos

 

Redes Sociais